MUSCULAÇÃO X TREINO FUNCIONAL X GINÁSTICA LOCALIZADA: QUAL DELES TÊM O MELHOR RESULTADO?

MUSCULAÇÃO X TREINO FUNCIONAL X GINÁSTICA LOCALIZADA:
QUAL DELES TÊM O MELHOR RESULTADO?

Muita gente que vai à academia para perder peso ou definir a musculatura fica em dúvida entre participar de uma aula de ginástica localizada, pegar pesado na musculação ou partir para o treino funcional. As três modalidades têm se destacado entre homens e mulheres, mas afinal, qual delas dá o melhor resultado?

De acordo com o educador físico André Trombini, da Bodytech, todas as atividades acima têm um gasto calórico significante, com destaque para o treinamento funcional, devido à sua variedade constante de intensidade e tipos de exercícios. “O treino funcional oferece diversos estímulos de força, resistência muscular, resistência cardiorrespiratória e trabalha o corpo como um todo”, conta ele. 

Segundo Trombini, a ginástica localizada é bem parecida com o treino funcional, mas utiliza cargas nos movimentos. “Ela oferece um gasto calórico alto. Normalmente essas aulas em circuito têm várias repetições com intervalos curtos. As cargas aumentam a potência, resistência, velocidade e a força. Além disso, a modalidade proporciona um efeito mais eficiente contra a massa gorda, melhora a disposição, deixa o corpo mais definido, resistente e firme”, afirma.  Outro detalhe relevante é que a localizada é padronizada, obrigando todos os alunos a fazer as mesmas séries. Por essa razão, quem tem algum problema de saúde ou está sentindo dor deve conversar com o professor antes de a aula começar.

Já durante a musculação, o aluno faz um treino personalizado criado pelo professor, que leva em consideração os seus objetivos e capacidades na hora de determinar fatores como exercícios, intensidade e intervalos. Por essa razão, ela é uma boa escolha para quem não tem muito tempo disponível para praticar atividades físicas ou não consegue ir à academia sempre no mesmo horário. Outra vantagem é que ela isola um grupo muscular, fornece mais apoio durante a realização da atividade e permite que o indivíduo sue a camisa no seu ritmo. Esses detalhes garantem mais segurança, principalmente para quem não tem um nível de treinamento muito alto e acaba tendo dificuldade para realizar os movimentos com perfeição quando está usando um peso livre.

No que diz respeito às lesões, elas são decorrentes de vários fatores, como falta de consciência corporal e má execução do movimento por causa das faltas de eficiência e paciência. E isso pode acontecer em qualquer um desses três exercícios. “A maioria dos exercícios da musculação tradicional é feita em equipamentos fixos, sem precisar de tanta consciência corporal. Já o treinamento funcional e a ginástica localizada são realizados com o próprio peso do corpo e com acessórios externos. Neste cenário, o cuidado e atenção são dobrados devido à cultura brasileira de sempre realizar exercícios”, finaliza Trombini.

Em resumo, os resultados de cada treino dependem muito do aluno, levando em conta biotipo, força de vontade, frequência às aulas e boa alimentação. “Apesar disso, o treino funcional sai na frente devido à variação constante de exercícios de alta intensidade e curtos descansos, dependendo do treino”, conclui.






Bodytech Belvedere
Av. Paulo Camilo Pena, 732 - Belvedere Tel: (31) 32641111

Bodytech Savassi
Rua Pernambuco, 618 – Funcionários - Tel: (31) 3262 1111

Assessoria de imprensa: Benedita Comunicação - (31) 3225-1197

Lu Moraes

Personal e Consultora

Marketeira. Mãe. Casada. Geminiana intensa. Otimista. Apaixonada pelas belezas e pelas voltas que o mundo dá. Experiência em auxiliar empresas e pessoas a alcançarem seus melhores resultados.

0 Comentários...:

Postar um comentário